Håkan Ponthan

sweden

O primeiro aerodesporto foi o paraquedismo, em 1984, e ouvi falar de parapente. Então, em 1986, usei um paraquedas para decolar. Não foi tão bem-sucedido, mas em 1991 comecei o parapente, mais bem-sucedido e o fiz intensivamente por 3 anos. Depois, uma longa pausa, muitas vezes sentindo a necessidade de voltar a voar, e nos últimos 4 anos, desejando estar em alguns dos melhores locais de parapente perto de minha minha casa, pois tenho trabalhado no mar e fico liberado 50% do ano. Tenho formação militar e trabalho com segurança global. Isso e meu amor por viajar, aventurar-se e explorar me levou a 46 países. E mais por vir. Para mim, o parapente é sentir-se conectado à natureza, meio ambiente, pessoas e cultura. É bom fazer vôos longos, altos e desafiadores, mas também gosto de um voo suave no fim de tarde ao pôr do sol em companhia de amigos e familiares. Nos últimos anos, tenho entrado um pouco mais na indústria de parapente.

#Nomad, #Vol Bivouac, #Cross Country

  • Voando desde 1991
  • Equipamento atual : BGD Riot
  • Melhores rampas : Bir Billing St André Les Alpes Tolmin Algodonales
  • Apresentação : Consultor de saúde e segurança
  • Outros hobbies : Parapente, ski, kayak, surfe
Colegas

Conquistas

    Voo bivaque e XC por conta própria nas montanhas de Bir Billing.
    Linods triângulos FAI de 50-75 km triângulos na primavera, Pirineus, St André, Bassano etc.
    Ajudar outros pilotos a gostar de voar, orientando e treinando